Skip to main content

Não são poucos os exemplos trazidos pela Pandemia para o mercado como um todo. A quebra logística causada pelos lockdowns mostrou a importância de ter gestão de risco na cadeia de suprimentos. Mas não é só isso. Com um mundo globalizado, que troca um sem número de informações e produtos diariamente, ter uma atuação estratégica é algo que fará toda a diferença.

Desta forma, atuar para mitigar eventuais problemas de forma proativa é fundamental para evitar prejuízos não planejados.

Em primeiro lugar, vale uma contextualização sobre o que é a gestão de risco na cadeia de suprimentos. Por definição, este sistema engloba toda a administração de recursos que serão destinados aos clientes, sejam produtos ou serviços.

Desta forma, a gestão de risco na cadeia de suprimentos é o processo que organiza, prioriza e garante o controle de todo o ecossistema.

A falta deste tipo de sistema, como dito anteriormente, pode gerar prejuízos. Porém, mais do que isso, pode travar valor e crescimento em uma empresa.

Por isso, preparamos o conteúdo abaixo para te ajudar a implementar gestão de risco na cadeia de suprimentos em cinco passos.

O primeiro deles é o planejamento. Não existe gestão de risco na cadeia de suprimentos de forma desorganizada. Para elaborar este fluxo, é preciso considerar as funções de cada colaborador, quais as metodologias e, principalmente, quais os riscos e seus impactos.

O segundo é a identificação e análise. Ao fazer gestão de risco na cadeia de suprimentos, também é necessário, além da coleta de informações, a classificação dos diferentes níveis de problemas, sejam eles internos ou externos.

Neste momento, elaborar projeções com possíveis falhas também ajuda. Vale lembrar que todas as decisões devem ser respaldadas em dados. Observar oportunidades e ameaças pode ser uma boa regra aqui. Bem como a definição de um responsável por cada ponto dentro da gestão de risco na cadeia de suprimentos. Este seria o terceiro ponto.

Por último, para criar uma gestão de risco adequada na cadeia de suprimentos é importante considerar drivers estratégicos como a localização de fornecedores, sustentabilidade na relação de oferta e demanda, armazenamento e atendimento ao cliente.

Considerados estes tópicos, a sua empresa estará pronta para criar uma gestão de risco na cadeia de suprimentos.

Leave a Reply